• White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

Como avaliar se a peça vale o que custa?

December 13, 2016

 

O que faz uma peça custar mais que outra? Por que há calça jeans por exemplo, de R$ 100,00 em uma loja e de R$ 2.000,00 em outra? É apenas pela etiqueta? Não, não é apenas pela marca em si, há diversos fatores que contribuem para a evolução no preço das peças.

 


QUALIDADE

 

Um dos fatores que mais contribui para agregar valor à uma peça é a qualidade, visto que a matéria prima e tempo investido na produção são determinantes para elevar sua durabilidade, efeito visual e por fim seu preço. Para avaliar melhor a qualidade de uma roupa ou acessório, gosto de subdividi-la em 4 partes:

 

  • Material - Tecidos de fibras naturais (ex.: algodão, lã e seda) são mais confortáveis, flexíveis, duráveis e proporcionam melhor respiração à pele, o que as torna mais frescas, porém seu custo de produção é maior ao compararmos com os tecidos sintéticos (ex.: poliéster, acrílico e acetato). O mesmo vale para matérias primas naturais como o couro, ao compararmos com o couro sintético.

  • Acabamento - Quanto maior a dedicação e atenção aos detalhes na produção de uma peça, melhor seu acabamento se torna, consequentemente a elevação do custo para produzi-la.

  • Caimento - Por sua vez, quanto melhor o acabamento, melhor o caimento.

  • Conforto - Os elementos acima juntos resultam em uma última e principal característica de peças de qualidade: o conforto. Em resumo, peças com material melhores e que levam mais dedicação de tempo, se tornam portanto mais caras.

 

 

DESIGN

 

Há 2 formas de fazer uma roupa ou acessório: criar ou copiar. Quando falamos sobre processos sérios de criação ele é um trabalho de estudo e construção, que pode incluir viagens para inspirações, planejamento com base em público alvo, produção por múltiplos designers, criação de elementos exclusivos, como estampas e muito mais.

 

Quanto maior o investimento na concepção da peça, a tendência é que ela se torne mais bela e com maior valor.

 

 

MARCA/GRIFE

 

O último fator para determinar quanto uma peça irá custar é o mais subjetivo deles e o que pode elevar a peça à valores inimagináveis (se considerarmos apenas o custo de produção).

 

Tal fator é a marca e não pense que para isso a logo tem que estar visível, como por exemplo em formas de monograma. Os clientes que consomem esse tipo de produto não buscam a grife em si, na verdade eles buscam a "mensagem" que a marca representa ou também a "exclusividade" que ela traz.

 

 

Como utilizar essas informações no momento das compras?

 

Use para avaliar se a peça desejada realmente vale o preço da etiqueta: Ela tem qualidade? Qual o material utilizado? É confortável? Possui bom acabamento? Bonito design?

 

Após essas perguntas para avaliar o produto como matéria, lembre-se que grifes também adicionam valor ao produto e investir nela ou não é uma decisão pessoal. O importante é certificar-se primeiro se pode fazer esse investimento, segundo se valerá a pena para a sua Imagem e para o que deseja!

 

 

Imagem: theivorylane

Assuntos:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Posts em Destaque

Mais conhecimento, menos produtos

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Assuntos
Please reload

Encontre-me
  • instagram-2-1
  • YouTube Social  Icon